top of page
  • Foto do escritorAntonino de Sousa

ouve bem

Tu, que abraças do fundo do coração.

Ouve bem: o teu abraço é abrigo.

Tu, que dás a mão para confortar.

Ouve bem: a tua mão é força.

Tu, que sorris tão fácil como quem respira.

Ouve bem: o teu sorriso é sol nos dias cinzentos.

Tu, que olhas bem dentro da alma.

Ouve bem: o teu olhar toca.

Tu, que és gesto feito de ternura.

Ouve bem: o teu gesto cura.

Tu, que és presença de verdade, que fica, que se importa.

Ouve bem: a tua presença é luz na escuridão.

Tu, que és amparo que não deixa cair.

Ouve bem: o teu amparo é paz na tempestade.

Tu, que cuidas como quem abraça a vida.

Ouve bem: o teu cuidado salva.

Tu, que falas ao coração e do coração. Com palavras, com silêncios e com a vida.

Ouve bem: és tanto.

Tu, que tens o coração do lado certo: do lado do bem.

Tu, que és do lado bonito da vida. Do mundo. E que fazes esse lado bonito existir, ser verdade.

Tu, que fazes sorrir. Mesmo sem saberes.

Tu, que és vida de amor.

Ouve bem: mudas o mundo, mesmo sem saberes.

Para saberes. E não esqueceres.

Tu, por tudo e por tanto.

Ouve bem: obrigado. Por seres, por estares, por existires…




125 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

quaresma

Comments


bottom of page