a propósito de Lucas 9, 51-62

Há tantas coisas que são tão insignificantes, que não têm valor, e há outras coisas com imenso valor que às vezes desperdiçamos… 

E às tantas nós vivemos a adorar outros deuses, nós vivemos presos a tantas coisas sem a capacidade de perceber qual é a coisa mais importante, qual é o passo que nós temos de dar para encontrarmos maior sentido e maior felicidade.

 

Por isso, Jesus diz: “Quem tiver lançado as mãos ao arado e olhar para trás não serve para o Reino de Deus.” 

Isto é, temos que nos projetar para diante, temos de acreditar que aquilo que o Senhor pede a cada um de nós é, de facto, aquele lugar de encontro e de reencontro, o lugar do amor, o lugar do afecto e da comunhão, o lugar onde nós podemos experimentar uma vida nova.

Procuremos o fundamental para nós, porque quem procura o fundamental, procura a sua própria felicidade.

 

em domingo xiii tempo comum

 

a nossa vida espiritual é uma caminhada progressiva, que pode ser alimentada com parágrafos e palavras que são escritas diariamente.

- aqui poderás encontrar, diariamente, algo que te ajudará a fazer caminho -

This Place Is A Shelter - Ólafur Arnalds
00:00 / 00:00