a propósito de Lucas 16, 19-31

 

Um dos nossos maiores erros e dificuldades é esta tentação constante que temos de nos centrarmos em nós próprios, de vivermos olhando apenas para o nosso ‘umbigo’.

 

É esta a grande ilusão, o grande equívoco que tranca as portas do nosso coração num enorme egoísmo.

Nós precisamos de sentir que a nossa vida é chamada a ser uma vida dada, uma vida distribuída, uma vida repartida e partilhada. 

Porque uma vida só é feliz verdadeiramente se ela se consumar no amor, se ela se consumar numa relação de oferta, de gratuidade, de serviço, de partilha.

 

E o mundo precisa que nós façamos da nossa vida dom, o mundo precisa que sejamos capazes de fazer a diferença através do amor e de gestos concretos de amor.

em domingo xxvi tempo comum

 

a nossa vida espiritual é uma caminhada progressiva, que pode ser alimentada com parágrafos e palavras que são escritas diariamente.

- aqui poderás encontrar, diariamente, algo que te ajudará a fazer caminho -

This Place Is A Shelter - Ólafur Arnalds
00:00 / 00:00