Buscar
  • Antonino de Sousa

um diálogo que actua

A educação tem uma parte de criatividade e, depois, muita repetição. Quando uma ideia criativa é apresentada pela primeira vez, é fresca e original. Depois disso, o professor repete-a sucessivamente, fazendo com que os seus alunos pensem nela, repensem e voltem a pensar, até se tornar uma memória.


Mas quando se quer que as pessoas se lembrem de algo, a repetição nunca é suficiente, é preciso que isso se transforme em atitude. Porque se aquilo que queremos valorizar não for expresso em actos, em atitude, então acabamos por esquecer.


E isto é um desafio muito grande para cada um de nós. E é um desafio muito grande, porque quando nos expomos, mostramos aquilo que somos, apresentamos as nossas fragilidades e temos dificuldades em assumir as nossas fragilidades.


Não comunicamos só com palavras, mas comunicamos com a vida, com os pequenos gestos do dia-a-dia.




6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo